E A CRISE CHEGOU AÍ?

DESESPERO01 Falar em empreendedorismo em 2015, fica cada vez mais difícil, quando só ouvimos notícias tristes de demissões, aumento de juros, redução de crédito, férias coletivas, etc.

Temos que pensar que as pessoas ainda precisam comer, vestir, ter aonde morar. O que precisamos fazer em primeiro plano é separar investimento, empreendedorismo de necessidade emergencial.

Até ondem eu tinha meu emprego, ganhava razoavelmente bem e hoje ao chegar para trabalhar fui contemplado na loteria da crise e meu chefe me comunicou que a empresa precisará reduzir custos e por isso fui dispensado, até imaginei, se na contabilidade havia uma conta no Balanço Patrimonial com o meu nome, para ser dispensado antes dos demais empregados.

Após está notícia volto para casa pensando em como ganhar dinheiro para conseguir honrar meus compromissos: aluguel, água, energia elétrica, escola filhos, carro, telefone, plano de saúde, etc.

Este momento é como sofre um acidente aonde se quebra a perna, não adianta ficar pensando como fazer para marcar um gol no jogo do time no final de semana, se você nem foi atendido pelo médico. O primeiro passo é o socorro, é unir a família, pôr a cabeça no lugar e fazer aquilo que você fazia todos os dias no seu antigo serviço para bater suas metas de vendas: “unir sua equipe em torno de um objetivo único – vamos vencer!”

A família buscará uma solução para sobrevivência financeira que não é um empreendimento, mas que no futuro poderá se tornar este empreendimento. Por exemplo: decidimos fazer bolo para vender, comecei a vencer para ganhar dinheiro e não para montar um negócio, na primeira semana percebi que não vencia muito, mas fiz fichas dos clientes, anotei seus hábitos de consumo e realidade financeira e descobri que consomem alguns produtos e serviços que minha família pode oferecer, então minha mulher ofereceu serviço de manicure para algumas delas.

Percebeu que não dá para falar em empreendimento vendendo bolo e serviço de manicure. Como chamaria este negócio, “Pé no Bolo?”

Com o tempo oferecendo vários produtos, você começa a montar uma carteira consistente de clientes que consomem serviço de jardinagem e limpeza de piscina, e a crise melhorou, então você começa a investir mais para atender estes clientes, conhece bons fornecedores de produtos para este setor e sem perceber, surgir um EMPREENDIMENTO.

Agora você estará pronto parra começar um negócio, só falta um ingrediente que é você! Será que neste momento você estará pronto para ser empreendedor? A maioria das pessoas que passam por isso, ralaram muito até este momento e o cansaço não permite que estas pessoas vejam o novo horizonte, não conseguiram adquirir paixão pelo que fazem, então resolvem ser empreendedor abrindo uma loja de tacos de golfe para cegos e quebram.

Precisamos nos preparar para virar empreendedor da noite para o dia, porque nem sempre podemos ter 100% do controle da nossa vida e principalmente dos fatores que afetam ela, e apesar de sempre sonhar em prestar concurso para Juiz, Promotor, Fiscal de alguma coisa, a vida poderá decidir que o caminho será outro.

Tenho um amigo que viajava comigo quando estudava química e ele sonhava em ser engenheiro civil, com o tempo sua família começou a vender marmitas e ele precisou ajudar, hoje é sócio de 3 restaurantes na cidade e abandonou o curso quando ainda vendia marmitas.

Quem não se prepara para a vida padece e ser empreendedor poderá ser um presente que a vida irá te dar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: