Você sabe o que é BPM?

BPMCada vez mais presente no mundo dos negócios, o termo BPM, surgi como o modelo inovador do novo século.

Afinal, o que significa BPM? Business Process Management ou Gestão de Processo de Negócios, representa um novo modelo de gestão que visa melhorar a agregação de valor  nos processos e não no que fabricamos ou nos serviços que nos propomos a fornecer.

Pode parecer absurdo, mas isso é a base de uma boa gestão empresarial. Por exemplo, o João trabalhou muitos anos no setor de borracharia de uma oficia e após ficar desempregado, decidiu montar um negócio próprio e abriu uma borracharia. Passados alguns anos olhamos para ele e o que vemos? O podre coitado na miséria, pois não montou um negócio para ganhar dinheiro e sim para utilizar a sua aptidão em arrumar pneu.

Pensando bem, porque será que a empresa demitiu o João? Será que ele não trabalhava direito, ou simplesmente para reduzir custo? Não importa qual dos dois motivos levou a demissão do pobre coitado, o que importa é que os dois fatores já informam que o futuro dele será negro. O primeiro motivo diz que ele não sabe trabalhar e portanto não terá capacidade de atender as necessidades dos clientes gerando satisfação a eles, o segundo motivo diz que o ramo dá prejuízo, sendo assim o pobre João terminará, como disse: “Pobre”.

Na visão BPM o cenário poderá mudar, pois todo negócio será fatiado em serviços, discriminando cada serviço e respectivamente os serviços que consomem e os que fornecem, de quem consomem e para quem fornecem até chegar nos clientes e fornecedores.

Dentro das empresas existem vários serviços e muitos deles são onerosos, podendo inviabilizar o próprio negócio. Por exemplo: uma oficina de veículos.

Vamos listar todos os serviços ali existentes: contabilidade, área comercial, almoxarifado, funilaria, mecânica, pneus e suspensão, troca de óleo, financeiro.

Agora vamos identificar as atividades agregadoras de valor (geradoras de riqueza): Funilaria, Mecânica, Pneus e Suspensão e Troca de Óleo.

E o restante? Os outros setores, geram despesas para o negócios, porém são essenciais, pois representam as áreas de controle da empresa, realizando tarefas de controle financeiro (evitando desperdício, inadimplência, processos trabalhistas, conflitos com clientes e fornecedores) e de processo (controlando jornada de trabalho, volume de produção, insumos). Mesmo sabendo da importância destes setores, alguns deles poderão custar tão caro que inviabilizará a empresa, por isso, precisamos dimensionar estes setores adequadamente para minimizar os custos e tornar a empresa competitiva.

Existem ótimos programas de BPM, alguns pagos e outros livres, tais como: BIZAGI (utilizado pela CAIXA), Bonitasoft, Appian, BPM ORACLE.

Será que você conseguiria utilizar algum deles? Ter um programa de computador que auxilie na elaboração de um BPM não é o problema, o problema é usar. Tais programas são ideais para grandes empresas, consultores e com o surgimento de programas livres, Open Source, também para contadores e administradores de empresas, claro para aqueles que fazem a diferença.

Para pequenos empresários o interessante é conhecer a metodologia e desenvolver o seu utilizando uma folha de papel de apresentação, comercialmente conhecido como Flip Chart. Os resultados serão os mesmos e possibilitará ao empreendedor conhecer o que gerá riqueza e o que consome riqueza no seu negócio.

FLIP CHARTPor hoje irei finalizar por aqui, pois o assunto é muito extenso. Na próxima semana abordarei um pouco sobre a metodologia de elaboração do BPM com Flip Chart.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: