A CRISE CHEGOU, ESTOU DESEMPREGADO E TENHO QUE LUTAR!

NegociosChinaAs estatísticas relatam que o Brasil é o país mais empreendedor do mundo, mas será que isto procede!

Nos Estados Unidos ser profissional liberal ou empregado não tem muita diferença, exceto a redução de burocrática, enquanto no Brasil deixar de ser empregado representa perder renda fixa mensal (salário), FGTS, férias, décimo terceiro salário, previdência barata.

Não havendo diferença entre emprego formal e trabalho informal, os americanos buscam uma forma de obter renda para manter sua família, enquanto no Brasil as pessoas buscam um emprego, quando este deixa de existir, elas perdem a referência e no primeiro momento passam a procurar um novo emprego, mas com o passar do tempo acabam por recorrer a atividades informais ou abrir um negócio próprio.

Com as constantes crises econômicas brasileiras, a cada dia são mais e mais pessoas procurando um negócio que permita ganhar dinheiro e ter mais tempo para a família. Como a necessidade faz o ladrão e o Brasil é um país de necessitados, então nada mais normal que estejamos na liderança do micro empreendedorismo.

Afinal isso é bom ou ruim!

Saber que a cultura de empreendedorismo tem crescido no país é algo bom, o lado ruim é saber que algumas empresas e pessoas tem montado negócios fajutos e transformado estes negócios em franquias para ganhar dinheiro fácil enganando outras pessoas. Lembro do meu tempo de Amway.

Na década de 90 uma empresa americana chamada Amway entrou no Brasil vendendo bons produtos com preço em dólar, pois estávamos em pleno período de inflação. Lembro de um produto fantástico chamado See Spray utilizado para limpar vidros, lentes de óculos, espelhos e telas de TV, era tão fantástico que após limpar o espelho do banheiro ele não embaçava quando tomávamos banho. O grande problema era o preço, pois um frasco durava muito tempo mas seu preço saía por volta de US$ 25,00, uns R$ 80,00 nos dias atuais.

Para ajudar no crescimento da rede, um grupo criou uma associação chamada PRONET, para dar treinamento aos participantes da rede, mas que aos poucos mostrou ser mais interessante que a própria empresa e virou uma grande farsa. Grandes palestras eram organizadas em São Paulo e Rio de Janeiro, apresentando aos participantes os mais novos milionários da AMAWAY, mas que na verdade eram da PRONET, pois estas pessoas não estavam ganhando comissão de venda dos produtos AMWAY, mas comissão das vendas dos ingressos dos eventos PRONET.

Hoje a AMWAY retornou ao Brasil, livre da farsa da PRONET, mas no lugar da PRONET vemos todos os dias anúncios de franquias cujo investimento é de R$ 1.500,00 à R$ 10 mil reais que dão retorno em 3 meses e remuneração mensal acima de R$ 8 mil reais c. Será que isso existe mesmo?

Antes de aumentar as estatísticas de pessoas que caíram no golpe do Negócio da China, analise a proposta e peça os contatos de pessoas que fracassaram e que estão fazendo o negócios para conhecer a realidade destas pessoas com o negócio. Cuidado com as Coca-Colas da vida, que não passam informação devido ao sigilo comercial, responsável pelo sucesso do negócio. Exceto que você esteja comprando uma máquina de fazer Coca-Cola ou uma cópia do Windows, o motivo do sigilo é não permitir que você descubra que está comprando gato por lebre.Batman Gato

Estarei alternando as publicações entre assuntos do dia a dia do ramo e as publicações sobre Start-up que venho publicando, abordando as dificuldade de desenvolver um projeto de Inovação e o processo de captação de recursos com investidores.

Abraço a todos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: